Bullying, Games e tudo mais

Publicado: 26 abril, 2011 em Pessoal
Tags:, , , ,

Faz tempo que não acompanho os telejornais, não o faço por sempre exibirem violência em demasiado e nunca nos mostrarem um governo tomando uma atitude para mudar nada.

Ao contrário, estes mesmo telejornais ao invés de buscarem a verdade ficam atrás de um “bode expiatório” para justificar o ato doentio da humanidade, como não podem e/ou não querem colocar a culpa no descaso e na má educação recebida nas escolas e até mesmo no seu próprio lar.

O que vejo é sempre a degradação dos hobbies num nível que dói, nunca pararam para fazer nem um levantamento estatístico de quantos jogadores de videogames, RPG, telespectadores de filmes de ação, etc. nunca nem chegaram perto de uma arma, quantos metaleiros nunca nem chegaram perto de um culto anticristão.

Fora que a moda é colocar a culpa no bullying, que até anos atrás era encarado apenas como uma simples provocação de crianças, algumas vezes acabava sim em uma troca de porradas por uns instantes, e minutos depois se estabelecia a paz entre ambos os lados.

Na mesma época uma palmada corretiva dada de vez enquando pelos pais não era considerado um crime e sim um último recurso quando o fedelho descontrolado não obedecia às broncas.

Sei que existem pessoas mais influenciáveis que as outras e justamente estas necessitam de mais atenção e instruções, mas em um país em que um pré-adolescente pode agredir um professor que os pais acobertam e passam a mão na cabeça e ainda se garantem atrás dos direitos do menor e adolescente julgando-os como inocentes que ainda não estão aptos ao dissernimento do certo e o errado, e  quando o mesmo se torna um psicopata à culpa é sempre do hobby que muitas vezes é utilizado apenas como uma forma de extravasar os sentimentos.

Por favor, senhores responsáveis por uma mídia de manipulação de massas, precisamos sim apontar os culpados, mas que sejam apontados os culpados corretos.

Anúncios
comentários
  1. Cátia disse:

    Eu achei o seu artigo muito interessante, só mudaria a colocação (…) “como não podem e/ou não querem colocar a culpa no descaso e na má educação recebida nas escolas e até mesmo no seu próprio lar”.(…), para: “como não podem e/ou não querem colocar a culpa no descaso e na má educação recebida nos próprios lares e até mesmo nas escolas”, pois acho que as escolas não têm obrigação de darem educação aos alunos, e sim ajudá-los na busca de novos conhecimentos, embora tenha sobrado para nós a responsabilidade de educar os alunos. É claro que temos que trabalhar lições de ética e cidadania, mas sozinhos está muito difícil. Eles estão vindo para a escola sem os mínimos requisitos para podemos auxiliá-los em sua formação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s