Prêmio Ig Nobel

Publicado: 14 abril, 2010 em Contos, histórias e afins
Tags:,

Em contra partida ao conhecido Prêmio Nobel onde são premiadas as melhores pesquisas do ano a revista de humor científico Annals of Improbable Research (Anais da Pesquisa Improvável) criou o Prêmio Ig Nobel, que premia as pesquisas mais, como poderíamos dizer, inúteis do mundo.

Com o início da premiação em 1991 trazendo várias pérolas em diversas áreas, com destaque para as seguintes premiações:

1991

Química: Jacques Benveniste, pela sua persistente descoberta de que a água é um líquido inteligente, e por demonstrar que a água é capaz de se lembrar de acontecimentos muito depois de todos os vestígios desses acontecimentos terem desaparecido.

Biologia: Robert Klerk Graham, selecionador de sementes e profeta da propagação, pelo seu desenvolvimento pioneiro do "Banco da Escolha Germinal", Repository for Germinal Choice, um banco de esperma que aceita doações apenas de laureados com o Nobel e medalhados olímpicos.

1992

ArqueologiaEclaireurs de France, grupo de escoteiros, removedores de graffiti, por apagarem as antigas pinturas rupestres das paredes da gruta de Mayrière supérieure, perto da aldeia francesa de Bruniquel, pensando que eram "pichações".

1993

Economia: Ravi Batra, da Universidade Metodista do Sul, economista astuto e autor dos best-seller "A Grande Depressão de 1990" e "Sobrevivendo à Grande Depressão de 1990" (The Great Depression of 1990 e Surviving the Great Depression of 1990), por vender cópias suficientes dos seus livros para impedir sozinho o colapso mundial da economia.

Paz: Pepsi-Cola das Filipinas, fornecedores de sonhos e esperanças açucaradas, por patrocinarem um concurso para criar um milionário, e depois anunciarem o número vencedor errado, conseguindo assim incitar e unir 800.000 possíveis vencedores, e unindo facções inimigas pela primeira vez na história da sua nação.

Medicina: James F. Nolan, Thomas J. Stillwell, e John P. Sands Jr., homens de medicina misericordiosa, pela sua dolorosa pesquisa "Gestão Aguda de Pênis Presos no Zíper" (Acute Management of the Zipper-Entrapped Penis).

1994

Entomologia – Robert A. Lopez de Westport, Nova Iorque, destemido veterinário e amigo de todas as criaturas grandes e pequenas, pela sua série de experiências na obtenção de parasitas dos ouvidos de gatos, inserindo-os no seu próprio ouvido e observando e analisando cuidadosamente os resultados.

1995

Paz – Parlamento Nacional de Taiwan, por demonstrar que os políticos ganham mais ao esmurrarem, pontapearem e esgravatarem-se uns aos outros do que empreendendo guerras contra outras nações.

1996

Biologia – Anders Barheim e Hogne Sandvik da Universidade de Bergen, Noruega , por seu estudo, "Efeito da Cerveja, Alho e Creme Azedo sobre o Apetite das Sanguessugas" (Effect of Ale, Garlic, and Soured Cream on the Appetite of Leeches).

Saúde Pública – Ellen Kleist de Nuuk, Groenlândia e Harald Moi de Oslo, Noruega, por seu relatório médico preventivo "Transmissão de Gonorréia Através de uma Boneca Inflável" (Transmission of Gonorrhea Through an Inflatable Doll).

Biodiversidade – Chonosuke Okamura do Laboratório de Fósseis Okamura em Nagoya, Japão, por descobrir fósseis de dinossauros, cavalos, dragões, princesas, e mais uma centenas de outras "mini-espécies" extintas, cada uma com menos de 0,25 mm de comprimento.

1998

Engenharia de Segurança – Concedido a Troy Hurtubise, de North Bay, Ontario, por desenvolver e testar pessoalmente uma roupa que é à prova de urso pardos.

Química – Concedido a Jacques Benveniste da França, por sua homeopatica descoberta que não apenas a água tem memória, mas que a informação pode ser transmitida pelas linhas telefônicas e pela Internet.

Estatística – Concedido a Jerald Bain do Mt. Sinai Hospital em Toronto e Kerry Siminoski da University of Alberta, por seu cuidadosamente medido estudo, "A Relação entre Altura, Comprimento Peniano e o Tamanho do Pé" ("The Relationship Among Height, Penile Length, and Foot Size.").

Química – Concedido a Takeshi Makino, presidente da The Safety Detective Agency de Osaka, Japão, por seu envolvimento com S-Check, um spray de detecção de infidelidade que as esposas podem aplicar na roupa de baixo de seus maridos.

Paz – Concedido a Charl Fourie e Michelle Wong de Joanesburgo, África do Sul, por inventar o Blaster, um alarme antiroubo para carros que consiste num circuito detector e num lança-chamas.

2001

Biologia – Para Buck Weimer de Pueblo (Colorado) por inventar Under-Ease, roupa interior com um filtro substituível de carvão que remove a flatulência antes que os gases se escapem.

Tecnologia – Para John Keogh da Austrália, por patentear a roda em 2001, e para o Australian Patent Office por lhe conceder a Innovation Patent #2001100012.

2003

Química – concedido a Yukio Hirose da universidade Kanazawa, por sua investigação química de uma estátua de bronze, na cidade de Kanazawa, que não atrai pombos.

Economia – Karl Schwärzler e a nação de Liechtenstein, por permitir alugar o país para convenções corporativas, casamentos, bar mitzvahs, e outros eventos.

2004

Medicina – Steven Stack da Wayne State University, Detroit, Michigan, e James Gundlach da Auburn University, Auburn, Alabama, pela pesquisa "The Effect of Country Music on Suicide" ("O Efeito Da Música Country No Suicídio")

Química – The Coca-Cola Company da Grã-Bretanha, por usar tecnologia avançada para converter líquido do Rio Tâmisa em Dasani, uma forma transparente de água, que por precaução não foi disponibilizada para os consumidores.

2007

Linguística: Juan Manuel Toro, Josep B. Trobalon e Nuria Sebastian-Galles, por descobrirem que ratos não podem distinguir entre gravações em japonês e holandês, quando são tocadas de trás para frente.

Economia: Kuo Cheng Hsieh, por patentear um aparelho que captura ladrões de banco, prendendo-os numa rede.

Paz: O Laboratório Wright, da Força Aérea dos Estados Unidos, em Dayton, Ohio, por sugerir a pesquisa e o desenvolvimento de uma "bomba gay", que poderia fazer com que as tropas inimigas se tornassem sexualmente atraídos uns pelos outros.

2008

Economia: Geoffrey Miller, Joshua Tyber e Brent Jordan, por descobrirem que dançarinas de strip tease ganham mais dinheiro nos períodos de fertilidade.

2009

Paz: dado à equipe da Universidade de Bern, na Suíça, que determinou, por experimentação, o que é melhor: tomar uma pancada na cabeça com uma garrafa de cerveja cheia, ou vazia?

Química: à equipe da Universidade Nacional Autônoma do México, por criar diamantes a partir de líquidos – especialmente a partir de tequila.

Literatura: à polícia da Irlanda, por escrever e apresentar mais de 50 multas de trânsito ao cidadão do país que mais comete infrações ao volante – Prawo Jazdy, cujo nome, em polonês, significa “carteira de motorista”.

Anúncios
comentários
  1. Olá, Dani.
    Achei interessante o artigo.
    Nossa, aquela de arqueologia de 1992 do grupo de escoteiros que apagou as pinturas rupestres achando que eram pichações foi de lascar. Não dá nem para acreditar. Li várias vezes, mas ainda não acredito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s