Vida de Pedestres

Publicado: 10 março, 2010 em Pessoal
Tags:, , , ,

Ah!! O doce cotidiano de um pedestre não é nada fácil, além de termos a  necessidade inevitável de encarar as intempéries do clima temos que enfrentar uma verdadeira corrida de obstáculos.

Logo que saio de casa já me deparo com alguns problemas simples, aquela cagadinha de cachorro que a vizinha muito, digamos esperta, o solta na rua para não ter que ficar limpando o quintal. Um cachorro solto na rua é sinônimo de uma matilha de outros caninos abandonados para minar nosso campo de passagem.

As calçadas são outro transtorno, fora as más condições de conservação, galhos de árvores que só não atrapalharia um anão e desnível das mesmas (o que transforma a vida de qualquer deficiente físico em um pesadelo), tem os espertinhos que estacionam o carro em cima e os espíritos de porco, literalmente, que resolve enche-las de entulho nos obrigando a andar na via. Isso quando existe uma calçada para fazer isso.

Conseguindo ultrapassar estes obstáculos conseguimos chegar ao centro da cidade, e onde tudo deveria ser na mais perfeita ordem na verdade é o caos, mas o caos mesmo, ambulantes com suas lonas vendendo seu DVDs do que à de mais novo no cinema ou que ainda esta para chegar e carrinhos equipados com uma incrível aparelhagem de som para exibir a qualidade de sua mercadoria.

Desviando dos ambulantes, você chega nos distribuidores compulsivos de panfletos que, acredito eu, nunca são lidos e jogados automaticamente no chão para por inexistência de lixeiras por perto, logo em seguida vem aquele povo que vem fazer pesquisa e tentar lhe vender curso de informática ou plano de saúde.

E não podemos esquecer de citar os pedintes, que vai de uma gama enorme, do pai de 10 filhos desempregado que NÃO aceita a contribuição em alimento até a velinha que não tem dinheiro para comprar seus remédios que geralmente custam mais de 100 "real", opa mas o governo não fornece de graça?

Não menos apaixonante temos aquelas "belas" ciganas que ostentam metade dos dentes podres e a outra metade de dentes de ouro tentando ler sua sorte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s